Estágio em

SERVIÇO SOCIAL

O Estágio em Serviço Social é instrumento fundamental na formação da análise critica, da capacidade interventiva, propositiva do estudante que precisa aprender os elementos concretos que constituem a realidade social, suas contradições para futuramente intervir como profissional nas diferentes expressões da questão social (PNE/ABESPSS).

 

O Estágio supervisionado em Serviço Social é uma atividade curricular obrigatória, desenvolvida do 5º ao 7º período letivo do curso, com carga horária total de 500 horas.

Principais campos de atuação são:

• Instituições governamentais

• Empresas

• Organização do 3º setor

• Movimentos Sociais

Deverá ocorrer em situações reais do exercício profissional por meio de atividades práticas compatíveis com o curso objetivando capacitar o estudante para o exercício do trabalho profissional, o que pressupõe supervisão sistemática. Essa supervisão é de responsabilidade de um professor supervisor no âmbito da faculdade e de um assistente social no acompanhamento das atividades prático institucionais do estudante nos campos de estágio. Portanto a disciplina Estágio Supervisionado abrange uma dimensão do ensino da prática profissional e envolve um conjunto de atores, sujeitos do processo de aprendizagem: estudante, docente, profissional de campo, instituição / campo de estágio.

As atividades de Estágio na FAPSS são coordenadas pelo responsável do Departamento de Estágio articulado com as demais instancias acadêmicas e supervisores de campo, coerentes com toda mormatização e legislação em vigor.

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO

Para mais informações, mande uma mensagem para:

 

PARCEIROS

ERICK ASSIS

Aluno FAPSS

“Durante o estágio, sempre foi possível compartilhar casos, conversar sobre os desafios e o dia a dia vivenciado na área. Ao chegar no órgão público, fui apresentado ao meu supervisor e conheci as demandas de trabalho. Durante todo o processo, eu sempre soube que poderia contar com a coordernação de estágio.”

SUELI BALMANT

Aluna FAPSS

“Estou estagiando na Ouvidoria. Eu aprendi muito, tenho pessoas parceiras, como coordenadores e supervisores, que foram muito importantes pra minha formação. Eu tive certeza do caminho e da área que eu quero seguir a partir desse estágio de comecei, foi muito bom e enriquecedor.”