Ligue: (11) 3111-2041

Faculdade Paulista de Serviço Social

03/01/2018

Encontro para pactuar ações de atenção integral à criança e ao adolescente

A Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Sul promoveu no último dia 15 de dezembro, o 1º Encontro Intersetorial Zona Sul: Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítima de Violência.

Realizado no auditório da Unip Chácara Santo Antônio, o evento integra o conteúdo do Curso de Aprimoramento para Implantação da Linha de Cuidado para Atenção Integral à Saúde da Pessoa em Situação de Violência da região Sul e teve como principal objetivo pactuar ações de atenção integral à criança/adolescente vítimas de Violência com o envolvimento das secretarias que compõem a rede de proteção.

Entre as autoridades presentes estavam Nelson Figueira Junior, representando a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Maria Lúcia Scalco, da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, Marco Antonio Carvalho, coordenador de saúde da CRS Sul, Carla Britto e Alba Bianco, da assessoria do gabinete da CRS Sul, os supervisores do território Rogério Mattos Hochheim, Mauricio Fernando Lopes e Cleonice de Oliveira Cardoso Exposito, o Dr. Lélio Ferraz de Siqueira Neto, o Promotor de Justiça da Vara da Infância e Juventude do Fórum Regional de Santo Amaro, além de representantes de outras secretarias municipais e interlocutores da CRS Sul, das Supervisões Técnicas de Saúde e das Organizações Sociais e parceiros, entre outras autoridades.

O coordenador regional de saúde, Marco Antonio Carvalho de Lima, abriu os trabalhos parabenizando as unidades de saúde, pois caiu o número de unidades silenciosas (aquelas que não registram notificação de violência) e aumentou o número de notificações, mostrando que as unidades estão mais bem preparadas e trabalhando mais rápido para notificar casos suspeitos de violência no território. “Infelizmente o registro da notificação revela a violência presente nos dias atuais, mas as notificações são importantes para o poder público poder adotar ações para prevenir e proteger o cidadão. Que no futuro breve possamos atuar com mais rapidez ainda contribuindo para melhorar esses índices de violência”, reivindicou.

Na sequência, as interlocutoras Lucia Ferraz Correa (da Área da Violência) e Patrícia Leal Sousa (Vigilância de Violências) fizeram um Panorama Histórico da Violência no Município de São Paulo e Região Sul desde 2012 e falaram sobre como o território Sul vem trabalhando ao longo dos anos para vencer os desafios e implantar a Linha de Cuidados para Atenção Integral à Pessoa em Situação de Violência.

As profissionais deixaram como encaminhamentos aos presentes a consolidação do Grupo de Trabalho na região, a implantação do Centro de Atendimento Integrado em Violência e a articulação com a Segurança Pública e demais Secretaria que contribuem para a Política de Promoção de Saúde e Cultura de Paz na cidade.

Psicóloga e mestre em psicologia social pela USP, Cenise Monte Vicente, foi uma das palestrantes do dia e apresentou os fundamentos para a construção de círculos de proteção da criança e do adolescente. “Ninguém”, lembrou ela, “faz nada sozinho, por isso, a articulação e a consolidação de uma rede de proteção são fatores importantes para o trabalho dar certo. Com o engajamento dos profissionais, a vontade da gestão e a rede de apoio, a zona Sul tem todas as condições de fazer um grande avanço na região”, assegurou ela.

Opinião compartilhada por Nelson Figueira Junior, Interlocutor da Área Técnica de Violência de SMS. “Quero parabenizar a CRS Sul pela iniciativa, pois está produzindo um modelo para as outras regiões que agrega atores e instituições e se alia a outras ações da saúde como o Observatório da Vigilância. A saúde já vem se organizado para trabalhar em rede e se articulando para atender à Lei 13.431”.

Lei nº 13.431

Em sua apresentação, o Dr. Lélio Ferraz, Promotor de Justiça da Vara da Infância e Juventude do Fórum Regional de Santo Amaro, falou sobre a Lei nº 13.431, sancionada em 4 de abril de 2017 e que entra em vigência em abril de 2018, que estabelece um novo sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência.

Os doutores Itamar Batista Gonçalves e Benedito Rodrigues dos Santos, representantes da Childhood Brasil, fizeram explanações para complementar a apresentação do Dr. Lélio. Entre os assuntos abordados destaque para a instalação – que já vem acontecendo em algumas cidades brasileiras – de Centros de Atendimento Integrado em resposta à necessidade de implantar serviço de atendimento integral para evitar a revitimização de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, particularmente a sexual.

Para entender melhor a Lei e conferir as apresentações dos palestrantes, acesse o link: https://goo.gl/h9t4Gj

Representando a CRS Sul, a Dra. Carla Britto informou aos presentes que a região Sul já está em tratativas para tentar viabilizar a implantação de um Centro Integrado no território. “Esse projeto é um orgulho para a Coordenadoria Sul e ser o pioneiro na cidade neste campo é uma prioridade. Sobre a instalação do Centro Integrado, se depender dos atores envolvidos e da ajuda dos parceiros vamos ser muito felizes. Esse fórum é um marco”.

Fonte: Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo

Calendário acadêmico

18/09/2018

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

19/09/2018

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

26/09/2018

Recebimento das Atividades Complementares

Horário: das 18h às 19h

12/10/2018

Nossa Senhora de Aparecida

Nossa Senhora de Aparecida

[+]   Ver calendário completo