Ligue: (11) 3111-2041

Faculdade Paulista de Serviço Social

31/08/2017

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica: ONU promove roda de conversa online

A Organização das Nações Unidas no Brasil e associações parceiras realizam na quinta-feira (31) uma roda de conversas online para a ocasião do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, lembrado em 29 de agosto.

Promovida pela campanha Livres & Iguais e parceiros, a roda de conversas “Visibilidade Lésbica 2017: ‘Que visibilidade nós queremos?'” tem o objetivo de celebrar a data e destacar os muitos desafios ainda existentes para a efetividade plena de direitos da população de lésbicas no Brasil.

A Organização das Nações Unidas no Brasil e associações parceiras realizam na quinta-feira (31) uma roda de conversas online para a ocasião do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, lembrado em 29 de agosto.

O evento ocorrerá no marco da campanha Livres & Iguais e será realizado em parceria com a Articulação Brasileira de Lésbicas (ABL), a Liga Brasileira de Lésbicas (LBL), o Coletivo Nacional de Lésbicas Negras Feministas Autônomas (CANDACES) e a Associação Lésbica Feminista de Brasília – Coturno de Vênus.

A roda de conversas “Visibilidade Lésbica 2017: ‘Que visibilidade nós queremos?'” terá como objetivo celebrar a data, as identidades lésbicas e, principalmente, destacar os muitos desafios e obstáculos ainda existentes para a efetividade plena de direitos da população de lésbicas no Brasil.

Lésbicas de diferentes contextos e trajetórias participarão das discussões, que abordarão estratégias que podem ser desenvolvidas para enfrentar esses desafios.

Instituído no Brasil em 1996, o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica foi criado diante da demanda por visibilidade por parte dessa população. As lésbicas ainda lutam para ser adequadamente contempladas por políticas públicas, em um país que ainda não colhe dados oficiais desagregados por orientação sexual, lembra a ONU.

A Organização alerta que, frequentemente, o direito das lésbicas de transitar no espaço público livre de assédio e de violência ainda é desrespeitado. Lésbicas são invisibilizadas no mundo do trabalho — e muitas vezes sofrem discriminação para ingressar em empregos, permanecer empregadas e ascender profissionalmente.

Além disso, sua sexualidade é inadequadamente levada em consideração no desenho de políticas de saúde e por profissionais de saúde. Muitas vezes, seu nome e sua sexualidade são apagados da história. Na literatura, autoras lésbicas raramente são publicadas e, ainda mais, lembradas e celebradas. Na política, lésbicas ainda lutam por representatividade e para ocupar os espaços de poder.

Livres & Iguais

A Livres & Iguais é a campanha da Organização das Nações Unidas pela promoção da igualdade de direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, pessoas trans e intersex.

Iniciativa inédita e global da ONU, ela reconhece que orientação sexual e identidade de gênero atuam como fatores que estruturam desigualdades sociais e afetam negativamente a fruição plena dos direitos humanos das pessoas LGBTI.

Para saber mais sobre a campanha clique aqui

Serviço

Visibilidade Lésbica 2017: ‘Que visibilidade nós queremos?
Data e horário: 31 de agosto de 2017, às 17h.
Clique aqui e acesse a página no facebook

Fonte: ONU Brasil

 

CONHEÇA O CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS

Calendário acadêmico

01/08/2018

Início do segundo semestre

Início do segundo semestre

15/08/2018

Data Final para matrículas das Transferências

Data Final para matrículas das Transferências

07/09/2018

Independência do Brasil

Independência do Brasil

18/09/2018

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

VIRADA DA PELE SAUDÁVEL

[+]   Ver calendário completo