Ligue: (11) 3111-2041

Faculdade Paulista de Serviço Social

29/06/2018

Encontro debate melhorias no atendimento de idosos pela assistência social

Idosos formam o principal público da rede socioassistencial no Brasil. Em todo o país, são mais de 317 mil idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos oferecido pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Para aperfeiçoar o atendimento e debater a integração entre serviços e benefícios oferecidos para a pessoa idosa, o Ministério do Desenvolvimento Social reuniu cerca de 300 gestores estaduais e municipais da assistência social, nesta quinta-feira (28), em São Paulo.

Para a secretária nacional de Assistência Social, Carminha Brant, é fundamental que a o serviço oferecido pela assistência esteja integrado a outras politicas públicas, como saúde e direitos humanos, para melhor atender os usuários da rede. “Estamos conseguindo fazer um duplo movimento, a integração entre benefício e serviço, a proteção social como inteira, não dividida em especial e básica. Por outro lado, estamos fazendo a integração entre ministérios com a área da saúde, dos direitos humanos”, afirma.   

Um total de 61 mil idosos são acolhidos nas unidades da assistência social do SUAS, que oferecem os serviços de proteção integral, como moradia e alimentação, para pessoas idosas e famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A secretária Carminha Brant destaca ainda o papel das unidades no atendimento à pessoa idosa. “Integrar, engajar mais as entidades sociais no tema é fundamental, pois grande parte dos nossos serviços de proteção social especial é feito por elas. A presença de representantes no evento é de extrema importância.” 

O vice-presidente do Conselho Nacional do Idoso, Bahij Amin Aur, ressalta que o evento é importante para debater a união de diversas políticas para fortalecer ainda mais o atendimento voltado à pessoa idosa no país. “O lema da integração dos serviços e dos apoios que existem para os idosos é necessário porque não é possível pensar no atendimento segmentado da pessoa idosa. Seja saúde, moradia, ou transporte: não é possível tratar separadamente cada um deles, por isso, essa bandeira da integração dos serviços que atendem a pessoa idosa é importante”, enfatiza. 

No evento, também está sendo discutido como as políticas sociais oferecidas pela rede socioassistencial podem beneficiar os idosos. A representante dos usuários de assistência social de São Paulo, Marly Feitosa, diz que o evento é fundamental para esclarecer sobre a proteção social no Brasil. “Todo o conhecimento sobre o que é política pública, o papel da assistência social e da saúde, aprendi no núcleo de convivência de idosos, que é um dos serviços da assistência social. Foi lá que tomei conhecimento dos nossos deveres, dos nossos direitos”, destaca. 

O encontro sobre integração entre serviços e benefícios socioassistenciais para pessoa idosa segue até esta sexta-feira (29), em São Paulo. 

Saiba Mais: 

Os serviços de proteção social especial de Alta Complexidade são aqueles que garantem proteção integral – moradia, alimentação, higienização e trabalho protegido – para famílias e indivíduos que se encontram sem referência e/ou em situação de ameaça, necessitando ser retirados de seu núcleo familiar e/ou comunitário. 

Saiba mais: Ministério do Desenvolvimento Social

Calendário acadêmico

26/09/2018

Recebimento das Atividades Complementares

Horário: das 18h às 19h

12/10/2018

Nossa Senhora de Aparecida

Nossa Senhora de Aparecida

15/10/2018

Dia dos Professores

Dia dos Professores

02/11/2018

Finados

Finados

[+]   Ver calendário completo