Ligue: (11) 3111-2041

Faculdade Paulista de Serviço Social

27/09/2017

Abordagem é foco do primeiro Aprimoramento Técnico da SMADS

Foi iniciada na manhã de quarta-feira (20), o Aprimoramento Técnico dos orientadores do Serviço Especializado de Abordagem Social às Pessoas em Situação de Rua (SEAS). Serão vários encontros, que ocorrerão até o mês de novembro no Espaço Público do Aprender Social (ESPASO), no Ibirapuera, e têm a finalidade de aperfeiçoar o atendimento dos orientadores.

O tema de abertura foi "Trabalho Socioeducativo", com o educador social Adriano de Camargo, que também é assessor da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) e idealizador da iniciativa histórica de encontros de Aprimoramento Técnico para o SEAS. 

Foram abordadas questões sobre comprometimento e ajuda aos orientadores para que eles possam trabalhar com as pessoas em situação de rua para além do vinculo básico, aproximando e humanizando a relação.

Outro tema abordado na primeira manhã de encontro teve como palestrante Darko Hunter, responsável pelo setor de Desaparecidos da SMADS, e Eliana Vendramini, que trabalha no programa de localização e investigação de desaparecidos do Ministério Público de São Paulo. O foco da conversa foi de auxiliar os orientadores sobre como agir ao encontrarem famílias de desaparecidos ou como identificar o próprio desaparecido. 

O tema gera muitas dúvidas entre os orientadores, e o encontro possibilitou que eles expusessem os questionamentos para que os especialistas pudessem ajudar. Instruir orientadores sobre o tema é essencial para que o SEAS ajude a diminuir o número de desaparecidos em São Paulo.

Os próximos encontros tratarão de temas como saúde mental, egressos, abuso de drogas, programa Trabalho Novo, entre outros. Para o orientador Fábio Bittencourt, do SEAS República, os encontros deveriam acontecer mais vezes. “Estou há um ano e dois meses no serviço e nunca passei por uma capacitação como essa. Fui aprendendo no dia a dia com o trabalho. Então, acho muito importante ter mais apoio técnico e trazer as nossas dificuldades do dia a dia para que a gente tenha suporte de informações e orientações", destacou.

Além da SMADS, quatro organizações conveniadas ao SEAS são essenciais para a realização dos encontros. Entre elas estão o Instituto Social Santa Lúcia, a Sociedade Amiga e Esportiva do Jardim Copacabana (SAEC), Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste (Apoio) e a Coordenação Regional das Obras de promoção Humana (Croph). 

Ao final da série de encontros, o secretário Filipe Sabará entregará pessoalmente certificados de aprimoramento técnico para cada orientador participante. É a primeira vez que a SMADS oferece um curso de aperfeiçoamento com certificado para o SEAS, iniciativa que tende a crescer, visando um atendimento cada vez melhor para a população em situação de rua.

Próximos encontros:

- 27/9 – Saúde/Saúde Mental 
Equipe Consultório na Rua

- 4/10- Direitos Humanos 
Egressos – Secretaria de administração penitenciária

- 9/10- Idosos em Situação de rua – Proteção Especial SMADS
Mulheres em Situação de Rua

- 19/10- Aprimoramento da escuta – Villy (psicanalista)
Cuidando de quem cuida

- 25/10- Abuso de Drogas/ RD 
Público LGBT – Centro de Acolhida Florescer

- 6/11- Introdução à Política da Assistência Social 
Rede Socio Assistencial

- 8/11- Trabalho Novo – Rede Cidadã
Fechamento e entrega de certificados – Secretário Filipe Sabará

Calendário acadêmico

20/11/2018

Dia da Consciência Negra

Dia da Consciência Negra

21/11/2018

Recebimento das Atividades Complementares

Horário: das 18h às 19h

03/12/2018

3 a 7 - Avaliação semestral

3 a 7 - Avaliação semestral

03/12/2018

3 a 7 - Solicitação de Avaliação Substitutiva

3 a 7 - Solicitação de Avaliação Substitutiva

[+]   Ver calendário completo